A “economia da experiência” está no centro da BT Summit

A Cegoc promove esta terça-feira um evento para ensinar as empresas a aplicarem o conceito da experiência como forma de diferenciação. Há três oradores convidados e são esperados 430 participantes.

 

O que é uma experiência? A pergunta serve de mote à terceira edição da Business Transformation Summit (BT Summit), um evento da empresa de formação empresarial e consultoria Cegoc, que decorre esta terça-feira no Centro de Congressos de Lisboa. Três oradores foram convidados para abordar temas em torno do conceito de “experiência”, com foco especial na experiência do utilizador, do colaborador e da aprendizagem.

“A palavra deste ano é experiência. O que vamos estar a trabalhar este ano serão temas em torno da ideia da economia da experiência. Ainda que seja um conceito que já tem quase 20 anos, passa pela ideia de criar valor a partir da experiência. Seja ela experiência de consumidor e do colaborador, seja a própria learning experience”, disse ao ECO o diretor-geral da Cegoc, Ricardo Martins.

A BT Summit contará com a presença de Jeanne Meister, Martin Lindstrom e Chris McChesney. Meister é “uma autora do mundo dos recursos humanos que vai explicar de que forma é que as empresas estão a utilizar a inteligência artificial e que medidas estão a implementar para reinventar processos como o recrutamento, a seleção, a entrevista e a formação”. Lindstrom, autor, vai abordar o tema da small data. McChesney falará sobre “a cultura de execução”.

Os três contributos pretendem dar perspetivas às empresas sobre “como desenhar uma experiência verdadeiramente transformadora” para que se distingam “num mundo em constante mutação”.

Rui Martins tem “ótimas expectativas”. “Temos casa cheia, temos muitas pessoas novas a virem ao BT Summit. Estamos à espera de 430 pessoas. O evento tem vindo a crescer e tem vindo a ganhar muita notoriedade, não só nacional mas também internacional”, garantiu.

 

in ECO, 9 de outubro 2018